O uso de produtos cosméticos em crianças é cada vez mais frequente. Há um forte apelo desta indústria, que oferece ampla gama de produtos e a difusão de costumes culturais, que incentivam a utilização dos mesmos, em todas as idades.  

Mas, sempre existe a dúvida: a utilização de produtos cosméticos pode prejudicar a saúde das crianças?

“Sim, pode haver prejuízos, como sensibilização da pele, determinando processos irritativos e possibilidade de ocorrência de manifestações alérgicas”, explica o Dr. Mauro Toporovski

“Isto ocorre pois a pele da criança é mais fina e sensível. Assim sendo, os processos irritativos produzidos por cosméticos podem facilitar a penetração dos alérgenos e oferecer a ocorrência dessas manifestações”, afirma o pediatra.

O médico confirma que as crianças pequenas são as mais vulneráveis no uso de produtos cosméticos.

“Quanto mais precoce for a exposição a diferentes produtos, maior será a chance de sensibilização; isso é: maior a possibilidade de a criança desenvolver irritações e alergias”, diz o Dr. Mauro, que atua também como responsável pela disciplina de Gastroenterologia Pediátrica da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo.

O Dr Mauro Toporovski examina bebê em seu consultório: crianças pequenas são as mais vulneráveis no uso de produtos cosméticos
O Dr Mauro Toporovski examina bebê em seu consultório: crianças pequenas são as mais vulneráveis no uso de produtos cosméticos

Uso de produtos cosméticos em crianças: quais sabonetes os pequenas devem utilizar no banho? 

O pH da pele é ácido (em torno de 5,5). Este “manto ácido” é o responsável pela proteção e pelo equilíbrio da microbiota normal da pele.

O uso de sabonetes com pH alcalino (pH alto ou básico) pode alterar o pH da pele e deixá-la ressecada e mais suscetível às infecções e irritações.

O pH da maioria dos sabonetes em barra é mais alcalino do que dos líquidos e, portanto, são mais irritantes e ressecam mais a pele.

Outra dúvida muito comum que os pais têm é: qual deve ser o componente ideal para sabonetes das crianças?

“O syndet é um tipo de detergente sintético que contém menos de 10% de sabonete e tem o pH ajustado entre 5,5 e 7. Eles provocam menos irritação na pele, equivalente a um banho só com água”, diz o Dr. Mauro, coordenador-geral da Clínica de Pediatria Toporovski

Como regra geral, são recomendados os sabonetes líquidos, sem fragrâncias/perfumes, que tenham sido dermatologicamente testados.

Os sabonetes antissépticos ou antibacterianos não devem ser utilizados como rotina. Syndets são adequados especialmente para bebês e crianças pequenas por possuírem surfactantes (agentes de limpeza) mais suaves, ou seja, menos agressivos à pele.  

Garota passa batom na boca: maquiagens e esmaltes têm aumentado demais a ocorrência de dermatites de contato, principalmente nas meninas
Garota passa batom na boca: maquiagens e esmaltes têm aumentado demais a ocorrência de dermatites de contato, principalmente nas meninas

Meninas pequenas podem utilizar maquiagem? E a tatuagem de Henna: seu uso é seguro?  

As maquiagens e esmaltes têm aumentado demais a ocorrência de dermatites de contato, principalmente nas meninas. Isso porque a pele das crianças fica sensibilizada desde muito cedo, aumentando a chance de reações alérgicas.

Além dos riscos de irritações e alergias, há estudos que mostram que algumas substâncias encontradas em cosméticos (conservantes, fragrâncias, suavizantes químicos, por exemplo) podem levar a prejuízos à saúde infantil, como alguns efeitos hormonais ou toxicidade neurológica.

A respeito da tatuagem de Henna, não é segura a sua aplicação nas crianças.

Bebê exibe tatuagem de Henna: seu uso não é recomendado para crianças
Bebê exibe tatuagem de Henna: seu uso não é recomendado para crianças

Essas tatuagens são elaboradas com a associação de uma substância química, parafenilenodiamina, que deixa a cor escura, mais parecida com uma tatuagem de verdade.

Reações alérgicas a essa substância têm sido descritas em crianças, muitas vezes com formação de bolhas e cicatrizes permanentes.

“Não há uma idade segura e recomendável para a criança usar cosméticos. A sensibilização que gera as alergias pode ocorrer a qualquer momento e determinar fortes reações de hipersensibilidade”, explica o Dr Mauro.

“Os efeitos prejudiciais à saúde infantil ainda são pouco esclarecidos e, em relação aos cosméticos, podem ser potencializados pelo fato de estes serem utilizados repetidas vezes durante a vida” afirma o médico.

Sua recomendação final quanto ao uso ou não de cosméticos infantis, que incluem maquiagem, esmaltes, perfurmes ou aplicação de tatuagens é a seguinte.

“A recomendação do ponto de vista pediátrico é a de não utilizar esses produtos. Quanto menor a exposição a cosméticos na infância, melhor”, finaliza o especialista.

Clínica de Pediatria Toporovski: (11) 3821-1655

Deixe um comentário

Avenida Pacaembu, 1083,
São Paulo, 01234-001

Avenida Pacaembu, 1083,
São Paulo, 01234-001

Tel: (11) 3821-1655
WhatsApp: (11) 97335-3589